?

Log in

fenix5
28 January 2012 @ 09:38 pm

Neste momento, a minha casa miniature de estilo vitoriano já está terminada.

Mas como é engraçado o processo de a ter recheado aos poucos, vou por aqui alguns desses momentos, antes de a mostrar completa.


Ver mais fotosCollapse )

Tags:
 
 
fenix5
08 September 2011 @ 12:00 am
Conforme os fascículos foram chegando, fui pondo mais objetos nos vários compartimentos. Os quartos e a casa de banho são cheios de pormenores e requinte.
Nesta entrada mostro como começaram a ficar recheados com as mobílias e pequenos objetos.


Continuando a visita pela casa vitorianaCollapse )
Tags:
 
 
Current Mood: amusedamused
 
 
fenix5
04 September 2011 @ 10:32 pm
Cá estou eu para partilhar mais fotos da minha primeira (e única, pra já) casa miniatura/casa de bonecas. 
Enquanto pesquisava na internet e nos fascículos das duas coleções que estou a fazer (a da TV guia e da Planeta DeAgostini), deparei com a diferença entre os dois termos. Casa de bonecas, é mais utilizado para designar exatamente isso, uma casa para as bonecas, que é utilizada para brincar (geralmente por crianças ^.^); casa miniatura é mais para os colecionistas ou amadores como eu, em que se tenta recriar o ambiente caseiro e histório de uma determinada casa. As casas como a minha, denominada de vitoriana, é das mais procuradas porque tem muitos pormenores de requinte da época vitoriana inglesa (meados de Sec XIX até início Sec XX), durante o reinado da rainha Vitória. As técnicas utilizadas fazem parte da arte do modelismo ou miniaturismo.

Entrar na casa mobiladaCollapse )
Tags:
 
 
Current Mood: cheerfulcheerful
 
 
fenix5
29 August 2011 @ 01:13 am
Depois de montar a casa e de escolher o lugar onde ficaria, fui buscar as mobílias que já recebera e comecei a mobilar a minha casa vitoriana.


Click e entramos na casaCollapse )
Tags:
 
 
fenix5
27 August 2011 @ 04:15 pm
Carregar aqui para ver a casa.Collapse )

Como já referi antes, adoro coisas ligadas à infância e à fantasia. Desde sempre que sonhei em ter uma casa de bonecas ou, para ser mais precisa, uma casa miniatura. Agora, passados quase quarenta anos, finalmente consegui. Tenho várias coleções da Planeta DeAgostini desde minerais e pedras preciosas até ao Senhor dos Aneis. Quando surgiu a Casa Rústica decidi que era hora de investir nesse sonho. No entanto, como são 100 fascículos e tudo vem aos pedaços, significa que ainda vou ter de dispor de muito tempo e paciência para montar a casa. Entretanto, surgiu com a revista TV guia uma casa vitoriana com fascículos semanais e que para conseguir a casa pré-montada era só recortar umas vinhetas e enviar por correio. Nem pensei duas vezes! Lá colei as vinhetas e enviei. Ao fim de pouco tempo recebi a minha casinha por correio e depois foi só montar. Agradeço a todos do quiosque do Intermarché dos Arcos-Barca por me guardarem sempre os fascículos (trazem de ponte de Lima) e que assim me permitem disfrutar desta casa maravilhosa. Hoje vou apenas por as fotos da montagem da casa.
Tags:
 
 
Current Mood: bouncybouncy
 
 
 
fenix5
18 September 2010 @ 06:07 pm

Quase a celebrar dois anos de vida, este animal peludo preto e caçador, tem feito as delícias de quem convive com ele e da minha máquina fotográfica.
Foi esterilizada na Páscoa e agora já está a ficar menos esquelética, mesmo com duas outras gatas vadias a roubar-lhe  a comida.

Depois de levar as vacinas em Janeiro de 2008, e de ser desparazitada, ficou um animal de casa mais asseado. O frio tornou-a um bocado mais calma e caseira... mas nem por isso menos activa.
O Natal foi uma aventura para ela, com tantas coisas penduradas para brincar, incluindo a casa o Pai Natal. O aquecedor era o seu ponto de referência e preferência, assim como superfcies com algum calor - televisão, rádio-despertador, computador portátil...

Nesta 3ª entrada sobre a minha gatinha, mostro várias fotos dos seus tempos infantis ^.^

 

Imagens da infância da PucaCollapse )
Tags:
 
 
Current Mood: calmcalm
 
 
fenix5
31 December 2009 @ 04:55 pm
E termina assim 2009.
Um ano recheado de coisas boas e más.

Despeço-me de 2009 com um vazio no meu coração. Este ano o mundo perdeu muitas pessoas importantes e eu perdi a pessoa mais importante da minha vida, aquele que foi uma parte enorme do meu mundo - o meu Pai.
No dia 30 de Setembro, às 3h30, deixei de respirar o mesmo ar que o meu pai respirava. Não tenho palavras para descrever a dor que sinto, a perda enorme de que nunca vou recuperar e ser a mesma pessoa que era. Se a sua vida me moldou, a sua morte modificou-me para sempre. Mesmo assim também me ensinou - teve uma morte digna, rodeado pelos que o amaram e que ainda amam.

Que 2010 traga melhores tempos e coragem para que as feridas se cicatrizem. Mesmo na escuridão, a esperança da luz faz-nos ver.

Tags:
 
 
fenix5
31 August 2009 @ 11:49 am
Depois de limpinha e já a viver dentro de casa, o esfregãozinho foi crescendo aos poucos.

Fez uma visita ao veterinário para ser desparasitada e marcou nova ida em Janeiro de 2009 para levar as primeiras vacinas.

Faltava um nome. Após semanas de se chegar a nenhuma conclusão, comecei a chamá-la de Puca, como o boneco japonês de cabelo preto que corre sem parar.

A minha gata Puca - part 2Collapse )
Tags:
 
 
fenix5
16 August 2009 @ 11:36 pm

Mais uma vez, ao ver entre os nuitos emails que recebo, encontrei uma pérola que quero partilhar aqui.

É sobre as Mães, os Tempos Antigos e o que agora se perde.
A minha mãe não foi assim em tudo, mas em algumas coisas também me ajudou nestes conhecimentos, lol.

Reproduzo conforme me chegou à caixa de correio eletrónico.

Carregar aqui para ler M㥳 de Antigamente.Collapse )
Tags:
 
 
Current Mood: contentcontent
 
 
fenix5
15 August 2009 @ 11:08 pm

Adoro animais de companhia. Já tive uma cadela chamada Linda que me viu crescer e me acompanhou durante 15 anos.
Agora, sem querer, acabei por ser adotada por uma gata preta. É verdade. Não fui eu que a escolhi. Ela escolheu-me.
Desde que desapareceram os cães vadios, proliferam os gatos vadios. Há vários grupos em Ponte da Barca, desde os siameses abandonados até aos mais puros vadios pretos e brancos, malhados, tigrados e pretos.
No inicio do inverno passado, em 2008, enquanto tentava fotografar os gatos que passavam nos terraços que ligam as traseiras da casa dos meus pais, vi um esfregão negro com pelos brancos e remelento a olhar para mim no terraço da vizinha.
Todos os gatos fugiram menos esse engeitado. Junto com ela (só mais tarde conseguimos ver se era menino ou menina) vinham dois gatos: um tigrado cinzento e um branco com manchas cinzentas e pretas.

Aqui vou contar os primeiros tempos do gato esfregão.

A história da Puca.Collapse )
Tags:
 
 
Current Mood: contentcontent